sábado, 17 de novembro de 2012

Estrias e como evita-las



A adolescência e os meses de gravidez são os períodos da vida da mulher que aumenta a possibilidade de surgimento de estrias, outro inimigo é o sucessivo aumento e perda de peso. Além disso, estar ou não mais propensa a ter estrias depende de factores genéticos. A existência de muitas pessoas com estrias na mesma família pode indicar uma fraqueza hereditária nas fibras da pele. 
As estrias geralmente aparecem nas coxas, nádegas, região lombar e abdómen, mas também podem ocorrer em outros locais quando há ganho repentino de massa muscular. As estrias surgem quando a pele estica demais e as fibras de colágeno arrebentam, fazendo surgir riscos vermelhos ou brancos em pele clara ou em pele escura. 
As estrias vermelhas ou beges são as “estrias novas” e ainda podem ser retiradas com o uso de cremes, óleos e/ou tratamentos estéticos. Já as estrias brancas ou castanhas são tidas como “estrias velhas” e são definitivas e difíceis de tirar. 
O tratamento e apagamento das estrias mais antigas é praticamente impossível e só o uso de lasers, ácidos e peelings que atenuam o problema. Por isso o mais importante é a prevenção.


Dicas:
  1. O essencial para evitar as estrias é manter a pele hidratada diariamente: usa cremes e óleos após o banho: passe nas pernas, barriga, peitos e quadris. Vale recorrer desde ao velho óleo de amêndoas doce e ao óleo de semente de uvas até a hidratantes mais sofisticados desenvolvidos pela indústria de cosméticos;
  2. Evita banhos quentes;
  3. Evita ressecar a pele expondo- se  muito ao sol;
  4. Bebe muito líquido todos os dias;
  5. Evita emagrecer e engordar constantemente;
  6. Para os adolescentes, por exemplo, os produtos umectantes a base de ureia são indicados e a principal preocupação é não elevar ainda mais a oleosidade da pele.

Sem comentários:

Enviar um comentário

© Women's Stuff - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo